Intro

Bem vindo ao blog Cuiqueiros, um espaço exclusivamente dedicado à cuica – instrumento musical pertencente à família dos tambores de fricção – e aos seus instrumentistas, os cuiqueiros. Sua criação e manutenção são fruto da curiosidade pessoal do músico e pesquisador Paulinho Bicolor a respeito do universo “cuiquístico” em seus mais variados aspectos. A proposta é debater sobre temas de contexto histórico, técnico e musical, e também sobre as peculiaridades deste instrumento tão característico da música brasileira e do samba, em especial. Basicamente através de textos, vídeos e músicas, pretende-se contribuir para que a cuica seja cada vez mais conhecida e admirada em todo o mundo, revelando sua graça, magia, beleza e mistério.

(To best view this blog use the Google Chrome browser)

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

O pano (gorgorão)

Temos discutido aqui no blog questões à respeito dos principais elementos integrantes da cuica. As postagens sobre o gambito e sobre a pele são as duas mais acessadas e acredito que não será diferente desta vez, já que falaremos sobre mais um item fundamental para extrair os sons de uma cuica: o panoAssim como cada cuiqueiro costuma ter suas preferências em relação à pele e ao gambito, com o  pano funciona da mesma maneira. Já vi cuiqueiros tocando com pano de chão, flanela, pedaço de calça jeans, lenço de bolso, um tipo de toalha usada em pia de cozinha, guardanapo de linho, mas o preferido de nove em cada dez cuiqueiros é a fita de gorgorão.


A história mais interessante que já escutei sobre como os cuiqueiros passaram a utilizar o gorgorão para tocar cuica me foi contada por J. Muniz Jr., jornalista, pesquisador e cuiqueiro que figura dentre os mais importantes personagens do samba no estado de São Paulo e, consequentemente, no Brasil. Segundo ele, em algum momento do passado, que não se pode dizer exatamente quando, um malandro daqueles da antiga teria retirado a fita de pano envolta de seu chapéu e utilizado pela primeira vez o gorgorão para tocar cuica


E assim, cuica e gorgorão nunca mais deixaram um ao outro. A moda se espalhou entre os cuiqueiros e até hoje se mantém. Mas, como tudo na vida em algum momento passa por dificuldades, também esta história entrou em crise. A famosa fita de gorgorão número 12 podia ser facilmente comprada em comércios especializados na venda de tecidos e acabamentos para costura, até que a única fábrica responsável por sua produção, na falta de demanda, resolveu parar de produzi-la. O mundo da cuica entrou em desespero. O câmbio cuiquístico disparou uma terrível inflação e o gorgorão passou a valer mais do que dinheiro. Alguns foram mais espertos, notando a escassez do produto, e compraram os últimos estoques nas casas de armarinho para revender a outros cuiqueiros. Outros garantiram seus estoques para consumo próprio, sofrendo constantemente o assédio daqueles que não puderam fazer o mesmo. O gorgorão passou então a ser motivo de conflito, inveja, conversas ao pé do ouvido, negociações que mais pareciam tratar de algo proibido. E assim, o submundo da cuica ganhou um de seus principais vilões, atormentando a vida de todo cuiqueiro: a polêmica fita de gorgorão número 12. Na falta dela, muitos cuiqueiros passaram a usar a fita número 9, mas que não proporcionava a mesma "pegada" na hora de tocar, por ser mais estreita que a 12. 
Continua...


Mas como diz a sabedoria popular, "o mundo dá voltas... e não há mau que sempre dure", heis que surge uma luz no fim do túnel. Há aproximadamente quatro anos atrás, um cuiqueiro da Estácio de Sá chamado Felipe, aluno do grande Carlinhos da Cuica, participou de uma formatura militar e notou que as medalhas de condecoração dos formandos eram ornadas por uma fita parecida com a fita de gorgorão, até então sob sério risco de extinção. Ele procurou saber quem havia confeccionado aquelas fitas nas medalhas dos militares e chegou ao Célio Soares, atualmente o único fabricante da fita de gorgorão adequada para tocar cuica. O Felipe mostrou ao Célio um pedaço da fita produzida da antiga fábrica Suíça, onde coincidentemente o Célio já havia trabalhado tempos atrás, e propôs a retomada da fabricação. Eles fizeram algumas experiências na trama entre o algodão e a viscose, que são os dois componentes têxteis do gorgorão, até chegar ao padrão atual. O algodão fica no interior da trama mantendo o pano úmido, enquanto que a viscose dá o atrito no gambito. É possível encontrar no mercado um tipo de gorgorão feito de poliéster, mas que não serve para tocar cuica porque é impermeável e não fricciona o gambito a ponto de fazer a pele da cuica vibrar e emitir o som. Existe um teste para saber se o gorgorão é do bom ou não. Basta pegar um isqueiro e queimar o gorgorão. Se o fogo pegar igual em cabelo, queimando rápido, é poliéster. Mas se o fogo demorar um pouco a queimar, tipo uns três segundos, é o gorgorão de algodão e viscose.



O Célio aceita encomendas de toda parte do mundo e envia pelo correio. O preço é justo e a qualidade é garantida. E ainda tem a vantagem de que é possível escolher a cor (ou as cores) do gorgorão. Quem é mangueirense, por exemplo, poderá encomendar um gorgorão verde e rosa, em homenagem à Estação Primeira de Mangueira, e assim com todas as demais escolas de samba. Bom meus amigos, agora ninguém poderá reclamar que está dificil de encontrar gorgorão. É só procurar o Célio Soares: (21) 2604-9860 / soaresartefatos@oi.com.br 
.

22 comentários:

  1. VALEU PAULINHO!!!
    seu blog é o melhor do mundo!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Paulinho Bicolor ! Belo trabalho de divulgação da cuíca ! abraços

      Excluir
  2. Eu uso esse gorgurão do Celio aqui no paraná. É esse da foto. recomendooooo. abraços.

    ResponderExcluir
  3. ola amigos sou novo no estrumento e aqui na minha cidade não consigo achar o gorgurão deste acima da foto se alguem pode me ajuda a encontralo me envie um email.pitarocha1@hotmail.com obrigado ..

    ResponderExcluir
  4. bha essa eu não sabia ou fazer o teste do fogo porque aqui em Porto Alegre se acha com facilidade este tipo de tecido, só eu não sabia que tinha um tipo especifico dele... o preço também é extremamente barato comprei no ano passado 1m de tecido por 12 reais....

    ResponderExcluir
  5. aqui em Porto Alegre é difícil achar este da matéria, no ano passado comprei 1 metro mas não é o verdadeiro, se alguém souber onde poço encontrar por aqui me manda ai. lobatocristiano@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Bom dia!

    Poderia disponibilizar um link para compra do gorgorão pela internet?

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde!

    Qual a espessura do gorgorão utilizada para tocar cuíca? Eu utilizo um paninho de limpeza à anos, mas gostaria de voltar à tocar cuíca com gorgorão. O fato é que sou de Maceió e aqui não encontro gorgorão grosso. Já encontrei na net vários sites que vendem, mas gostaria de saber a espessura para não comprar errado e ficar no prejuízo.

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu gostaria tambem de procurar esse tecido, sou argentino mas aquí não existe o tecido desse tipo..aquí so polyester, não tem algodão...ou seja só posso conseguir algodão, não gorgurão...entende???? se alguém pode me dar os dados de aquel que fabrica ou vende, ficaria agradecido... o meu contato é daroagui1@hotmail.com..obrigado cuiqueiros...

    ResponderExcluir
  9. Excelente postagem! Em São Paulo, custa R$ 20,00 o metro de Gorgurão 12...... Acho caro..... mas realmente, é incomparável....

    "Um abraço da zn de Sampa!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Everthown boa tarde, onde encontro em SP.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  10. AI PAULINHO A FOTO DO GOGURÃO QUE O OSVALDINHO TROUXE DO JAPÁO,,,CUSTA 15,00 ESSA FITA COM 50CM,TEM MAIS SOM QUE O SOM DO ORIGINAL...TEL 011-28515366

    ResponderExcluir
  11. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=524625617683052&set=a.477269305752017.1073741833.100004068544153&type=1

    ResponderExcluir
  12. Tenho original em algodão com 50mm de largura. O preço R$15,00 o metro.
    Meu contato (11) 96891-9505

    MARKÃO da KUÍKA

    ResponderExcluir
  13. APESAR DE GOSTAR MUITO DO SOM DA CUÍCA, EU AINDA SOU UM APRENDIZ !

    ResponderExcluir
  14. Ai galera estou comprando uma cuica pois me apaixonei pelo som dela gostaria de aprender tocar e poder começar a brincar com a nossa rapaziada
    Valeu ai pelas dicas foram de grande importância um abraço

    ResponderExcluir
  15. Ai galera estou comprando uma cuica pois me apaixonei pelo som dela gostaria de aprender tocar e poder começar a brincar com a nossa rapaziada
    Valeu ai pelas dicas foram de grande importância um abraço

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde pessoal, sou do RS e não consegui achar o Gorgorão por aqui, muito boa as dicas postadas no blog do Paulinho, já entrei em contato por e-maill com Soares artefatos, para ver se consigo comprar!Abraço!

    ResponderExcluir